Estadão

De Real para Realidade

i x Efeitos sonoros
Últimas Notícias

PERFIL: A discreta matriarca por trás do clã Vieira Lima

Leia maisFechar
Valmar Hupsel Filho e Cleusa Duarte, ESPECIAL PARA O ESTADO, 06/12/2017, 00h59 Reservada, a mãe do ex-ministro Geddel e do deputado Lúcio sempre exerceu forte influência em casa

ALVADOR - Marluce Quadros Vieira Lima sempre prezou pela discrição. Apesar de uma vida inteira cercada de políticos – é viúva do ex-deputado Afrísio e mãe do ex-ministro Geddel e do deputado Lúcio – não era vista em reuniões partidárias e raramente ia a festas da sociedade baiana. Quem tem acesso ao círculo mais restrito da família diz, no entanto, que esse comportamento é apenas da porta para fora. Dentro de casa, Marluce agia como uma verdadeira matriarca, tomando para si a voz de comando nas decisões políticas e ações da família. 

Na denúncia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, atribui a ela “papel proeminente na associação criminosa” no caso dos R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador – cuja origem até hoje não foi esclarecida pelo ex-ministro Geddel e o deputado Lúcio Vieira Lima. Segundo o Ministério Público, Marluce usou sua casa, que fica no mesmo edifício onde vivem também seus filhos, em Salvador, para armazenar grande quantidade de dinheiro em espécie. Antes de serem encontradas em outro apartamento pela Polícia Federal, em setembro, as malas e caixas com as notas estavam em seu closet.

+++Ex-assessor revela caixas e malas de dinheiro no closet de ‘dona Marluce’

Receba no seu e-mail conteúdo de qualidade

Logo você receberá os melhores conteúdos em seu e-mail.

+++ANÁLISE: Caso Lúcio é nova dor de cabeça para Temer

Uma das testemunhas do caso, o empresário Luiz Fernando Costa Filho, afirmou à PF que recebeu cerca de R$11,5 milhões entre 2011 e 2016 repassados por Geddel e Lúcio como participação dos peemedebistas em negócios imobiliários em Salvador. De acordo com o empresário, os valores eram retirados em dinheiro em espécie no apartamento de Marluce. Além de possuir fazendas no interior da Bahia, a família Vieira Lima investe no setor imobiliário. Marluce aparece como sócia de duas empresas do ramo, a M&A Empreendimentos e Participações Ltda. e a Vespasiano Empreendimentos e Participações Ltda., além do posto de gasolina Alameda da Praia Combustíveis Pecas e Serv Ltda. 

Outro depoente, Job Ribeiro, disse que foi acionado mais de uma vez para contar grandes quantidades de dinheiro no escritório da casa de Marluce. Assessor há décadas dos Vieira Lima, Job disse que devolvia a maior parte de seu salário para a família. Desde janeiro de 2016, no entanto, Marluce passou a receber uma pensão de R$ 26 mil da Caixa de Previdência Parlamentar em função da morte de seu marido, o ex-deputado por três mandatos, Afrísio Vieira Lima. Além dela, Geddel recebe R$ 20 mil desde os 51 anos de idade, como aposentadoria em razão de seus cinco mandatos de deputado federal.

+++Raquel cobra R$ 51 milhões de Geddel, Lúcio e mãe por danos morais

Caso Baneb. Esta não é a primeira vez que Marluce aparece em notícias de denúncias contra seu filho. Em 1983, quando tinha 25 anos, Geddel exercia seu primeiro cargo público, como diretor da corretora de valores do Banco Estadual da Bahia (Baneb). Uma auditoria constatou na época um desvio de R$ 2,7 milhões (em valores atualizados), fruto de um esquema que teria beneficiado Geddel, seu irmão, o deputado Lúcio, seu pai, Afrísio, e a mãe, Marluce. Geddel foi demitido, mas a investigação não foi adiante.

+++Mãe de Geddel e Lúcio é ‘senhora de idade com papel ativo na lavagem’, diz Procuradoria

A discrição que Marluce sempre prezou, no entanto, só foi quebrada aos 79 anos, quando seu nome aparece sob os holofotes de uma denúncia oferecida pela PGR, por lavagem de dinheiro e organização criminosa. Se a prisão de Geddel, em setembro, acendeu o alerta em Brasília pela possibilidade de ele fazer delação premiada comprometendo o presidente Michel Temer, a investida do MPF contra a mãe do ex-ministro deve aumentar ainda mais a apreensão no Planalto. Quem acompanha os Vieira Lima de perto há anos descreve que as principais características do clã são a união entre os membros e a “verdadeira devoção” de Geddel e Lúcio pelos pais.

R$ 26.000,00 = 216 Vacinas H1N1
Linhas existentes - 335 km
Linhas que poderiam existir - 934 km
N

São Paulo

10 km
Vacinas dos últimos anos
Vacinas que poderiam ser compradas
Aedes aegypti - transmissor da Dengue / Chicungunya / Zica
Nº de repelente
14.964 casos de 2013 a 2016
1.125 cartelas de Tamiflu
225 casos por H1N1
Foto: Fábio Motta | Fonte base conversão: Estadão
Notícias Relacionadas

Neste momento em que o País passa por uma situação crítica, com deficiência de serviços públicos básicos, diariamente há um volume de denúncias e suspeitas de desvio de dinheiro de proporções sempre surpreendentes. Milhares, milhões, bilhões. São cifras tão grandes que fica difícil para os leitores entender a real dimensão do problema. Com a ferramenta “De Real para Realidade”, o leitor vai poder interagir com as matérias do jornal, convertendo as quantias em benefícios como vacinas H1N1, ambulâncias, repelentes, casas populares, quilômetros de metrô, entre outros, conectando as notícias de onde o dinheiro desaparece com as notícias de onde ele está faltando.

Fonte base conversão: Estadão
O valor base de conversão de Ambulâncias é de R$ 82.406, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Ambulância: R$ 82.406
O valor base de conversão de Caminhões-pipa é de R$ 516 (15 mil litros), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Caminhão-pipa: R$ 516 (15 mil litros)
O valor base de conversão de Casas Populares é de R$ 200.000, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Casa Popular: R$ 200.000
O valor base de conversão de Quilômetros de Metrô é de R$ 296.000.000, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Km de Metrô: R$ 296.000.000
O valor base de conversão de Merendas Escolares é de R$ 2,22, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Merenda Escolar: R$ 2,22
O valor base de conversão de Quadras Poliesportivas é de R$ 44.450, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Quadra Poliesportiva: R$ 44.450
O valor base de conversão de Repelentes é de R$ 12, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Repelente: R$ 12
O valor base de conversão de Tamiflus é de R$ 199 (75mg), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Tamiflu: R$ 199 (75mg)
O valor base de conversão de Vacinas H1N1 é de R$ 120, baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Vacina H1N1: R$ 120
O valor base de conversão de Viaturas Policiais é de R$ 51.266 (Palio Weekend), baseado nas fontes fornecidas pelo Estadão Viatura Policial: R$ 51.266 (Palio Weekend)